Buscar

Crianças felizes e saudáveis dentro de casa

Atualizado: Mar 27




Será possível manter os nossos filhos felizes e saudáveis estando tanto tempo fechados em casa?

Talvez não sejam as crianças que nos preocupam! As crianças tem um ótimo poder de adaptação desde que os adultos tenham capacidades de organização e de lidar com as emoções. E estes dias vão ser ricos em experiências e desafios familiares.

Aqui ficam algumas dicas para que as coisas corram da melhor forma.

1. Elaborem um horário

As rotinas dão estabilidade às crianças. Ajudam a dar segurança e tranquilidade. É importante manter horários e hábitos aproximados dos da escola como:

  • Levantar a horas;

  • Realizar a higiene pessoal;

  • Vestir roupa adequada;

  • Tomar o pequeno almoço em família;

  • Organizar tempo de trabalho e tempos de descanso de forma a evitar excesso de TV e videojogos.

Com a participação dos vossos filhos, elaborem um horário que inclua tempo para brincar, para aprender, para descansar e para as rotinas diárias (higiene, alimentação). Adequem a forma de elaboração do horário à idade, por exemplo usando imagens ou desenhos no caso de crianças pré-escolares.

Afixem o horário num local de fácil visualização para as crianças poderem consultá-lo sempre que necessitem.

2. Mantenham uma alimentação equilibrada

Respeitem os horários habituais das refeições, não permitam que os miúdos passem o dia a petiscar.

Sigam as indicações da roda dos alimentos, privilegiando o consumo de legumes e frutas. Se o fizerem não é necessário dar às crianças nenhum suplemento vitamínico, à exceção de vitamina D.

E não se esqueçam de fazer algo diferente ao fim de semana. É importante assinalar essas mudanças nem que seja com uma refeição especial.


3. Não descurem o sono

Mesmo não indo para a escola os vossos filhos precisam de dormir o número de horas adequado à idade, para se manterem saudáveis e ativos durante o dia:

  • 4-12 meses: 12-16 horas (incluindo sestas);

  • 1-2 anos: 11-14 horas (incluindo sestas);

  • 3-5 anos: 10-13 horas (incluindo sestas);

  • 6-12 anos: 9-12 horas;

  • 13-18 anos: 8-10 horas.

4. Estimulem a brincadeira livre

Deixem as crianças escolher com o que é que querem brincar e dar asas à imaginação.

Legos, puzzles, plasticina, slime, desenhar e pintar, jogar ao faz de conta, jogos de mesa... Existem tantas opções! Introduzam uma brincadeira e/ou material novo a cada dia para evitar a monotonia.

Reservem pelo menos 1 hora do vosso dia para brincar com os vossos filhos, ao que eles quiserem!



5. Promovam a leitura


Ofereçam livros aos mais crescidos que vos pareçam ser do interesse deles para estimularem o gosto pela leitura.


Com os mais pequeninos façam a hora do conto, leiam-lhes pelo menos uma história por dia.


E sejam criativos, livros de anedotas e adivinhas costumam ser uma aposta garantida! E tem a vantagem de deixar toda a gente a rir!



6. Limitem o uso de ecrãs

Nas crianças abaixo dos 24 meses o uso de ecrãs deve ser evitado ao máximo, e nunca permitido o uso autónomo.


Entre os 2 e os 5 anos, a AAP (Associação Americana de Pediatria) recomenda que se limite o uso de ecrãs a 1 hora por dia.


Acima dos 5 anos não existem regras absolutas, sendo mais importante a qualidade do que se joga ou assiste do que o tempo despendido.


Outro aspeto a ter em conta é o dispositivo a usar... quanto mais longe melhor! Sendo preferível o uso da TV ao telemóvel!


E não esqueçam, em qualquer idade o uso das tecnologias deve ser sempre supervisionado pelos pais e intercalado com atividades não digitais.


Nesta situação de isolamento importa não esquecer que os ecrãs tem uma função especial: manter a socialização. Por isso, nesta altura sugerimos abrir uma exceção no tempo para a socialização on-line com amigos e familiares. É muito importante nestes dias mas, mesmo assim, deve sempre monitorizada.



7. Ponham-nos a mexer!

As crianças precisam de mexer e manter as crianças ativas nesta fase de confinamento é essencial para a saúde de todos! Usem o espaço que têm disponível para as pôr a mexer!

Retirar objetos de decoração e de mobiliário pode ser uma boa opção para evitar acidentes e conflitos, e também tem a vantagem de facilitar a limpeza. E não se esqueçam que a garagem também pode ser utilizada.

Dança livre, uma aula de ginástica, saltos, cambalhotas, uma gincana… devem ser feito duas vezes por dia.


Sejam criativos!

8. Desfrutem do ar livre mantendo o isolamento


Sem desrespeitar as indicações de isolamento, é importante que as crianças (e adultos) contactem com o exterior pelo menos 1 vez por dia.


Se vivem numa área rural o ideal é um passeio ao ar livre, contactando apenas com a Natureza. Se vivem numa zona urbana têm de se restringir ao pátio ou varanda.



9. Incluam os miúdos nas tarefas domésticas


É uma ótima forma de os manter ativos e também de promover bons hábitos para o futuro.


As tarefas domésticas são uma excelente ferramenta de aprendizagem. É mesmo uma das nossas recomendação habituais de estimulação do desenvolvimento. Ao ajudar nas tarefas a criança está a adquirir conhecimentos, a consolidar conceitos de matemática, a exercitar a linguagem e planeamento e a desafiar o corpo. Para além de estimular o espírito de equipa e a responsabilidade.



10. Conversem com os vossos filhos


Ouçam o que eles têm para dizer, perguntem como se sentem, expliquem o que se passa de forma adequada à idade. Não são necessários pormenores que lhes possam causar medo ou ansiedade mas não escondam a realidade.


Se sentirem que os vossos filhos estão demasiado ansiosos ou perturbados com a situação que vivemos, peçam ajuda ao Pediatra ou a um especialista de saúde mental (Pedopsiquiatra ou Psicólogo da infância).



11. Reservem um tempo a sós

Estar fechado em casa com uma ou mais crianças pode por vezes ser desesperante mas antes de sentirem que estão no limite parem para refletir... Tanto adultos como crianças precisam de um escape, de um momento no dia de reorganização e silêncio! Pode ser uma cabaninha para os mais pequenos ou um banho relaxante para os adultos!


O mundo vive uma situação critica e assustadora e vocês estão no local mais seguro onde poderiam estar (a vossa casa) junto daqueles que mais amam! Sintam-se privilegiados e usem este tempo da melhor forma que saibam e consigam!

Fiquem seguros

Fiquem em casa

#fiqueemcasa #estarsaudavel #projetosdegente

628 visualizações

Localização e contactos

Acesso à plataforma do Livro de Reclamações

i010899.png

Subscrever Newsletter 

© 2020 Projetos de Gente, Lda  |  Política de Privacidade e de Cookies  |  Termos e Condições

Siga-nos nas redes socias

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco